A moda é democrática e tem grande influência comportamental onde tudo o que lança nas mídias causa um verdadeiro alvoroço nas pessoas ao ouvirem os termos “must have”, “em alta”, “tendência”.

Mas será que você usa o seu bom-senso na hora de se vestir? Antes de responder, pense sobre respeitar a sua idade, o seu estilo e os seus limites. Há quem goste de usar a tendência destroyed, por exemplo e há quem não a veja com bons olhos.

O preconceito do outro pode atrapalhar um bom convívio, principalmente no quesito imagem, pois a nossa sociedade valoriza muito a aparência do outro é importante estar atento ao modo de se vestir, pois será praticamente o seu cartão de visitas.

Mesmo as roupas e acessórios não definindo quem você é, eles ajudam a formar imagem pessoal que deseja transmitir aos demais. O seu estilo imprime um pouco da sua personalidade isso inclui status, visão de mundo, profissão, classe social, etc.

Portanto comece a olhar para si. Veja os seus gostos sobre filmes, músicas, comidas, suas preferências, crenças, hobbies, maneira de se comportar, etc. Observe o que você já tem no armário identificando as cores repetidas, estampas, formas e tire foto quando estiver feliz com o seu look (ele pode te ajudar nessa análise também).
Na hora das compras, siga essa mesma regra e não se deixe levar pelas ondas da moda hein?

Compartilhe conosco os seus looks e inspirações usando a hashtag #inspiracaobbeauty

The following two tabs change content below.
Jornalista e idealizadora do blog com o olhar voltado para os assuntos de moda e comportamento.

Latest posts by Caroline Trevisan (see all)

Share: